Venda de caminhões inicia 2015 com queda de 44%

Janeiro e fevereiro são tradicionalmente meses de desempenho fraco no mercado de caminhões. Seja pelas férias, no caso do primeiro mês do ano, ou pelo número reduzido de dias úteis, caso de fevereiro, o início de ano sempre apresenta queda em relação a dezembro. Mesmo assim, 2015 começou ainda mais devagar do que de costume. No primeiro mês do ano foram vendidos 7.675 caminhões, uma retração de 44% em relação a dezembro de 2014, quando 13.695 unidades foram faturadas. Os dados são da Anfavea (Associação Nacional das Fabricantes de Veículos Automotores).

O desempenho foi fraco não apenas em relação a um mês movimentado como dezembro. Na comparação dom janeiro de 2014, que teve 10.778 veículos vendidos, a queda foi de 28,8%. Um dos principais fatores para a baixa é o desempenho do segmento de pesados, o que mais vende caminhões. Foram 1.896 unidades emplacadas apresentou retração de 58,1% em relação a dezembro.

Na comparação com janeiro de 2014, apenas dois setores tiveram alta nas vendas: o de semileves, que cresceu 2,1%, e o de leves, o terceiro maior do mercado de caminhões, com alta de 4,5%.