Venda de implementos rodoviários cai 42% em 12 meses, diz Anfir

No primeiro semestre, retração de mercado foi de 30,61% em relação ao mesmo período de 2015, segundo dados da associação dos fabricantes

940x529_carroceria_Noma

A indústria de implementos rodoviários apresentou retração de 42,34% no levantamento de desempenho anualizado feito pela Anfir (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários). De julho de 2015 a junho de 2016, o setor emplacou 74.266 unidades, ante 128.817 produtos de julho de 2014 a junho de 2015.

“A projeção anualizada indica a dimensão do tamanho do recuo de mercado que a indústria está vivenciando no momento”, afirma Alcides Braga, presidente da Anfir.

Veja também: Venda de veículos novos registra queda de 25% no semestre

No primeiro semestre, a queda no total de produtos emplacados foi de 30,61%. De janeiro a junho de 2016 foram entregues ao mercado 31.845 unidades contra 45.894 produtos emplacados no mesmo período do ano passado.

A retração de mercado é mais expressiva em números no segmento Leve (carroceria sobre chassis). No primeiro semestre, as vendas de produtos totalizaram 19.219 unidades ante 31.218 produtos registrados no mesmo período de 2015. Isso representa retração de 38,44%.

Já no setor de Pesados (reboque e semirreboque) a retração foi de 13,97%: 12.626 unidades emplacadas contra 14.676 produtos vendidos no primeiro semestre de 2015. “Em termos de volume de negócios a queda do setor pesado é muito mais impactante do que o leve por causa do maior valor dos produtos”, explica Mario Rinaldi, diretor executivo da Anfir.