O otimismo do mercado com a recuperação econômica do Brasil já começou 2019 com um reflexo muito positivo no volume de vendas de caminhões.

Após o crescimento tímido da economia nos últimos anos não ter mostrado resultados expressivos para as vendas do setor, o mês de janeiro apresentou alta de 51,6% neste ano em relação ao mesmo período do ano passado.

Mais do que a porcentagem em si, vale destacar que o número absoluto alcançado de 6,7 mil é grande para o mês, tradicionalmente mais fraco. Mais impressionante é considerar que o mercado em 2018 já havia apresentado melhora em relação a 2017.

Como visto nos resultado de 2018, a alta neste mês de janeiro foi impulsionada pelo segmento de semipesados e, principalmente, de pesados. O primeiro teve aumento de 35,7%, com 1,5 mil unidades licenciadas, enquanto que o segundo quase dobrou de tamanho, com alta de 95,1%, alcançando 3,4 mil unidades.

“(Este crescimento) foge do que é previsto para os outros segmentos”, afirmou Marco Saltini, vice-presidente de veículos comerciais da Anfavea. “E isso considerando que o ano em caminhões geralmente começa em março. Essas quase sete mil unidades seguem a retomada vista no fim de 2018, não apenas em pesados, que é o que vem puxando o setor, mas também em outros segmentos”, explicou o executivo.