Vitória de De Rooy na 8ª etapa leva Iveco ao topo do Dakar entre os caminhões

940x529_Dakar_De_Rooy_etapa 8
Percurso de 534 quilômetros foi o primeiro com a presença de trechos com areia e dunas (Divulgação)

Depois de um quarto lugar na Etapa 7, Gerard de Rooy foi o melhor entre os caminhões na perna que ligou as cidades de Salta e Belén, na Argentina, levando a Iveco à sua segunda vitória nesta edição do Rally Dakar. Graças ao bom desempenho, o holandês passou à liderança na classificação geral.

De Rooy cruzou a linha de chegada 2 minutos e 35 segundos à frente do piloto russo Eduard Nikolaev e 5 minutos e 23 segundos de Andrey Karginov. Já Federico Villagra terminou em sexto lugar e foi o mais forte concorrente da Iveco depois de De Rooy. O piloto argentino está a apenas 2 minutos de distância para disputar uma colocação entre os cinco melhores.

O percurso de 534 quilômetros, o primeiro com a presença de trechos com areia e dunas, produziu alterações nos primeiros lugares em todas as quatro categorias do Rally Dakar. Nas motos, o australiano Toby Price, da KTM, chegou em primeiro e lidera a competição. Entre os quadriciclos, a liderança é do argentino Marcos Patronelli, da Yamaha, que também garantiu o primeiro lugar na Etapa 8. Já o francês Stephane Peterhansel, da Peugeot, chegou em terceiro e assim voltou à ponta entre os carros.

A partir de hoje, a caravana inicia mais uma vez as chamadas etapas “maratona”, em que, no final do dia, os competidores não terão permissão para receber ajuda de suas equipes, e os veículos serão mantidos em um parque fechado durante a noite. Este pode ser um novo filtro na competição.

Etapa 8 – Caminhões

1. Gerard de Rooy (NLD), Iveco – 4h41m59s

2. Nikolaev (RUS), Kamaz – a 2m35s

3. Karginov (RUS), Kamaz – a 5m23s

4. Valtr (CZE), Tatra – a 13m38s

5. Sotnikov (RUS), Kamaz – a 13m47s

Classificação Geral (após 8 etapas)

Caminhões – Gerard de Rooy (NLD) – Iveco Petronas

Carros – Stephane Peterhansel (FRA) – Peugeot Total

Motos – Toby Price (AUS) – Red Bull KTM

Quadriciclos – Marcos Patronelli (ARG) – Yamaha Racing