A Volkswagen Caminhões apresentou nesta semana um novo representante no segmento sucroalcooleiro: o VW Constellation 31.330 Canavieiro.

O veículo possui a inédita transmissão Eaton FTS, caixa de dez velocidades que promete entregar mais disponibilidade, principalmente durante a safra, quando a colheita não pode parar.

- Publicidade -

São 10 marchas à frente e 3 à ré, sendo as 2 primeiras “crawler” ou seja, super reduzidas para vencer os mais íngremes aclives. As primeiras unidades já começaram a ser entregues.

Constellation

Os veículos atendem com perfeição às demandas severas da colheita da cana-de-açúcar na operação de Transbordo e também aplicações de apoio como Comboio de Abastecimento e Lubrificação, Bombeiro, Torta de Filtro, Distribuição de Calcário e Gesso, Calda Pronta e Caçamba Basculante.

O novo modelo possui mais de 20 itens focados em durabilidade. Entre estes estão uma grade de proteção frontal “quebra mato”, proteção inferior do radiador (“peito de aço”), protetor de alternador contra palha, protetor isolante térmico (até 400°C) das tubulações do sistema pneumático e chicote elétrico, pré-filtro agrícola, interclimatizador agrícola, alarme de ré, tomada de força na transmissão, prolongador de retrovisor, engate traseiro tipo boca de lobo, protetor de tanque de combustível, protetor entre radiador e intercooler, tela de proteção e limpeza de palha do radiador, protetor de lanterna, entre outros.

Todos estes itens foram desenvolvidos de acordo com a demanda dos principais clientes do segmento: antes eram instalados por terceiros, sem garantia de fábrica. O motor do Constellation é
um Cummins ISL com 8,9 litros, 334 cv de potência e torque de 1.450 Nm.

“O veículo foi desenvolvido sob medida para atender às necessidades do campo, o que incluiu testes operacionais com acompanhamento de clientes de um dos segmentos que mais crescem no Brasil”, afirma Vinicius Arantes, engenheiro de Marketing do Produto da MAN Latin America.

- Publicidade -