Volvo apresenta na FetransRio sua nova linha de chassis rodoviários e urbanos

A Volvo Bus Latin America exibiu na FetransRio sua nova linha de chassis rodoviários e urbanos, com tecnologia Euro5. Foram 14 ônibus, sendo oito urbanos e seis rodoviários. Os novos modelos receberam uma série de avanços tecnológicos para os tornar mais econômicos e seguros.

No segmento rodoviário, a Volvo oferece o ônibus mais potente do mercado, com motor de 450cv, o B450R.  Os novos chassis estão disponíveis nas versões 4X2, com potências de 340cv e 380cv; na versão 6X2 com 380cv, 420cv e 450cv; e na versão 8X2 com 420cv e 450cv de potência.

Nova Linha Volvo Bus

“Os chasiss mais leves permitem maior volume de carga, além de apresentarem uma economia de até 12% no consumo de combustível em relação aos modelos anteriores”, destaca José Luis Gonçalves, gerente da linha de ônibus rodoviários da Volvo Bus Latin America.

Os ônibus rodoviários também ganharam um novo sistema de suspensão. Outra novidade é que os veículos podem vir equipados com o Alcolock, um bafômetro instalado no painel que impede o veículo de rodar caso o motorista apresente sinal de embriaguez.

Urbanos

A linha de chassis urbanos da Volvo também recebeu avanços tecnológicos que aumentam a eficiência do transporte. Os modelos receberam uma nova caixa de transmissão automática, a Ecolife, e um novo sistema de controle de aceleração.

A linha de chassis urbanos da Volvo é composta por chassis com motor dianteiro e traseiro; articulados e biarticulados, e ainda com opções de piso alto e baixo. “Somos líderes no mercado de BRT (Bus Rapid Transit), os chamados sistemas organizados de transporte coletivo urbano, em toda a América Latina”, destaca o gerente.

B420R 8x2

Híbridos do futuro

Além dos lançamentos, a companhia apresentou o primeiro chassi híbrido da marca fabricado no Brasil. A produção dos primeiros veículos na planta brasileira, localizada em Curitiba, iniciou em junho deste ano. As primeiras unidades são destinadas à Curitiba e São Paulo. A operação da Volvo no Brasil é a primeira a fabricar o veículo depois da Suécia, sede mundial do Grupo Volvo.

“Os híbridos são os veículos do futuro. Somos os primeiros a trazer para o Brasil a melhor solução híbrida em transporte urbano de passageiros já desenvolvida pela indústria automotiva no mundo, o que reforça nossa posição de vanguarda em oferecer soluções de transporte menos poluentes, mais econômicos e que contribuam com a qualidade de vida da população”, destaca Luis Carlos Pimenta, presidente da Volvo Bus Latin America.

A tecnologia usada pela Volvo permite economia de combustível de até 35% e reduz em 90% as emissões de gases poluentes, em relação aos ônibus com tecnologia Euro 3. Outra vantagem do veículo é não emitir ruído em cerca de 30% a 40% do tempo de operação.

Hibribus

O ônibus híbrido contém a tecnologia “Híbrida em Paralelo”, projetada para um ônibus com dois motores, um a diesel e outro elétrico, que funcionam em paralelo ou de forma independente.  O motor elétrico é utilizado para arrancar o ônibus e acelerá-lo até uma velocidade de aproximadamente 20 quilômetros por hora, e também é usado como gerador de energia durante as frenagens.

O motor diesel entra em funcionamento em velocidades mais altas. A cada vez que se acionam os freios, a energia de desaceleração é utilizada para carregar as baterias. Quando o veículo está parado, seja no trânsito, em pontos de ônibus ou em semáforos, o motor diesel fica desligado.

“Estamos muito otimistas. O Brasil tem um excelente potencial de mercado e nossos clientes têm demonstrado muito interesse pelo híbrido. O caminho para a eletromobilidade é irreversível”, argumenta Euclides Castro, gerente de ônibus urbanos da Volvo Bus Latin America.

A Volvo já vendeu mais de 700 ônibus híbridos para 18 países espalhados por todos os continentes.

(EH)

Foto: Divulgação