Volvo compartilha dados em tempo real de veículos para melhorar segurança no trânsito

Tecnologia de Alerta Luminoso de Perigo da Volvo Cars é a primeira deste tipo na indústria automotiva

Volvo compartilha dados em tempo real de veículos para melhorar segurança no trânsito (Foto: Divulgação)

A Volvo Cars e a fabricante de caminhões Volvo Trucks compartilharão dados em tempo real para ampliar a cobertura da tecnologia de segurança conectada das empresas, baseadas em um sistema em nuvem que permite aos veículos se comunicar e alertar motoristas sobre riscos próximos.

- Publicidade -

A partir de 2018, informações anônimas serão compartilhadas em tempo real entre alguns caminhões Volvo selecionados, vendidos na Suécia e na Noruega, que possuem sistemas de alerta de perigo da própria empresa, e os carros equipados com o sistema de Alerta Luminoso de Perigo da Volvo Cars.

Veja também: Volvo lança seu primeiro caminhão 100% elétrico

“Compartilhar dados de segurança em tempo real com base em nossa tecnologia de segurança conectada pode ajudar a evitar acidentes”, disse Malin Ekholm, vice-presidente do Centro de Segurança da Volvo Cars. “Quanto mais veículos tivermos trocando informações de segurança a todo momento, mais protegidas estarão nossas estradas. Estamos ansiosos para estabelecer novas colaborações com outros parceiros que partilham do nosso compromisso com a segurança no trânsito”.

Tecnologia de Alerta

A tecnologia de Alerta Luminoso de Perigo da Volvo Cars é a primeira deste tipo na indústria automotiva. Tão logo qualquer Volvo equipado com o sistema acione suas luzes de perigo, um alerta é enviado aos carros da marca próximos e conectados ao serviço de nuvem, avisando os motoristas do risco e os ajudando a evitar possíveis acidentes. Isso é particularmente útil em pontos cegos e no topo de subidas de estrada.

O Alerta Luminoso de Perigo está disponível na Suécia e na Noruega desde 2016, onde é padrão em todos os carros das séries 90 e 60, bem como no XC40. Somando a frota de caminhões da Volvo à nuvem, a tecnologia cobrirá mais áreas, identificará mais riscos potenciais e aumentará a segurança geral do tráfego. Ambas as marcas representam uma parcela considerável de novos veículos na região.

“A segurança conectada permite que os motoristas da Volvo virtualmente ‘vejam ao virar a esquina’ e evitem uma situação crítica ou acidente antes que aconteça”, disse Malin Ekholm. “A capacidade de ver mais à frente e evitar riscos é algo que queremos compartilhar com o maior número possível de motoristas”.

Ao manter anônimo e válido os dados coletados e compartilhados, a iniciativa estará em conformidade com o Regulamento de Proteção de Dados Gerais (GDPR), que será implementado em toda a União Europeia este ano.

- Publicidade -