ZF Services lança novo tirante de barra estabilizadora LEMFÖRDER para ônibus

A ZF Services acaba de implementar melhorias nos novos tirantes de barra estabilizadora Lemförder 30930 01 e 30931 01, aplicados em chassis de ônibus urbanos e rodoviários da família O500 da Mercedes-Benz. Produzido com tecnologia exclusiva da ZF, o novo tirante entrega mais resistência às operações diárias de transporte urbano e rodoviário de passageiros, aumentando a produtividade e reduzindo os custos de manutenção de frotistas. A novidade já é fornecida para a Mercedes-Benz e está sendo comercializada nos distribuidores de produtos Lemförder em todo o Brasil.

A função do tirante é manter a barra estabilizadora fixada à estrutura do chassi do ônibus, o que resulta em conforto e estabilidade na condução do veículo.

Após a Engenharia da ZF estudar soluções que elevassem o desempenho do componente, o novo tirante foi testado em frotistas no Nordeste entre os meses de fevereiro e agosto de 2012. O acompanhamento diário das operações comprovou que o tirante Lemförder estava em perfeito estado de conservação após a média de 95.000 quilômetros de uso.

A solução trouxe uma saída para o posicionamento do componente no veículo (próximo às rodas e exposto em direção ao solo). O tirante costuma ser atingido por pedras, o que danifica sua capa e consequentemente permite a penetração de água e impurezas diversas, que, misturadas com a graxa, geram o desgaste prematuro da articulação. Essa característica da aplicação demandou um produto mais durável e resistente à severidade do seu uso.

O novo tirante apresenta terminais onde o conjunto de mola convencional foi substituído por uma articulação em metal-borracha que reduz o atrito, diminui o calor interno, corrige desgastes iniciais e aumenta a vida útil do sistema. Esta é uma solução exclusiva da ZF.

Outra modificação gerada pelo desenvolvimento da ZF ocorreu na parte interna da esfera do pino do tirante, usando uma esfera de maior diâmetro. Esta modificação torna o produto mais robusto e reforçado, permitindo seu funcionamento mesmo em condições severas.

A capa de proteção do tirante também passou por modificações: com um composto diferente do usado anteriormente, tornou-se mais resistente à ação de pedras, água, terra e impurezas vindas do solo que diminuíam a vida útil da peça.