Alerta: Alterar o Caminhão para Burlar a Legislação Pode Complicar seu Bolso!

Melhorar a qualidade do ar!

Essa é a função da tecnologia Euro 5 utilizada nos caminhões  fabricados  no ano de 2012.

Regular a emissão de poluentes gerados por motores diesel  sempre foi uma grande preocupação das autoridades ambientais em todo o mundo.

No Brasil, esse papel é desempenhado pelo CONAMA (Conselho Nacional do Meio Ambiente), que, desde 1986, desenvolve programas de controle de poluição.

Há dois sistemas que atendem a norma Euro 5: EGR (Recirculação de Gases de Exaustão) que utiliza parte dos gases dos escapamentos numa nova mistura de diesel e ar durante a combustão. E o SCR (Redução Catalítica Seletiva) que usa o ARLA 32 que é uma solução a base de ureia injetada no catalisador que faz com o saia do escapamento tornar-se inofensivo ao meio ambiente. Ambos necessitam usar o diesel S10, combustível com menor quantidade de enxofre.

Além de reduzir a fumaça branca e a emissão de enxofre em até 90%, esse combustível ajuda a reduzir a formação de depósitos no motor e melhora sua partida a frio.

Quer saber a diferença entre o Euro 5 e Euro 6?

Então acompanhe ai com o Richeti.