Cargas Indomáveis: Como Ajeitá-las na Carreta e ter Segurança no “Trecho”.

Ir para a estrada com o “bruto” carregado na sua capacidade máxima é uma responsabilidade grande. A distribuição de carga no caminhão é mais do que um cuidado, além de ser segurança é lei.

O Código de Transito Brasileiro (CTB) atua como infração média  com quatro pontos na CNH para quem ultrapassar a capacidade máxima de peso bruto total (PBT) fixado pelo fabricante. O valor da multa, dependendo do excesso de carga, pode chegar até R$5.000,00, alem de reter o caminhão.

A distribuição de cargas se não for feita corretamente, pode levar a riscos reais na estrada além de diminuir o tempo de vida útil do caminhão.

A carga não pode sobrecarregar nenhum eixo e deve ser distribuída corretamente. O peso deve ser equivalente para os dois lados, pois se a parte mais pesada estiver fora do ponto de gravidade, o caminhão fica com a traseira muito leve e sem estabilidade.

Acompanhar o carregamento é fundamental para uma distribuição correta.

Segurança na estrada, vida útil longa do “bruto” e sem multas para pesar no bolso é que queremos, não é mesmo?

Quer saber dicas sobre um carregamento seguro?

Então veja com o Garonce.