DAF estreia no mercado brasileiro de caminhões e promete acirrar disputa entre fabricantes

por Fábio Rogério
da Redação do Portal

Com a inauguração de sua fábrica prevista para meados de 2013 em Ponta Grossa, no Paraná, a DAF Trucks deixou o seu recado na apresentação oficial feita na manhã de hoje à imprensa antes do início da Fenatran: Ela veio para competir forte no segmento de caminhões e motores Premium.

Com muita tradição no mercado europeu (iniciou suas operações em 1932), onde obteve 15,2% de participação no segmento de caminhões acima de 15 toneladas em 2010, a DAF quer na próxima década conquistar, no mínimo, 10% do mercado brasileiro. “São números modestos e realistas, e queremos vender somente mil caminhões no primeiro ano de operação”, explicou Marco Antonio Davila, presidente da DAF Caminhões Brasil.

A partir de janeiro de 2012, a empresa pode começar a trazer via importação caminhões de sua linha XF para atender os primeiros pedidos brasileiros. Porém, não há nada definido, principalmente por conta do aumento do IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados), que começará a ser aplicado em fevereiro de 2012. “Espero que esse índice de 30% de acréscimo caia, pois isso inviabiliza nossos negócios”, diz Davila.

Mas como a DAF garante que veio para ficar, ela anuncia que oferecerá no Brasil uma linha completa de veículos, apresentando a opção correta para cada aplicação. “Os veículos da DAF serão fabricados no Brasil. Quando a fábrica em Ponta Grossa entrar em operação em 2013, a produção terá início com o XF105, imediatamente seguida dos modelos CF, e depois pela série de distribuição LF”, diz Davila.

Quanto à rede de concessionárias, a fabricante tem planos de estabelecer uma rede de 25 parceiros no Brasil nos próximos anos, com cobertura de cerca de 100 locais.

Na Fenatran

Em seu estande na rua L90 do Anhembi, a DAF exibe sua linha completa de veículos: o LF, CF e XF. O DAF LF foi projetado para distribuição urbana e regional, e a versátil série CF para uma grande variedade de aplicações. A série CF está disponível em configurações truck e rígidas com 2, 3 e 4 eixos, com acionamento simples ou duplo.

O XF105 estará disponível como cavalo mecânico 6×2, com eixo acionado Meritor e eixo de arraste Suspensys, e como cavalo mecânico 6×4, com eixos tandem de redução simples ou dupla, Meritor. Esses modelos terão freios a tambor nos eixos dianteiros e traseiros e, opcionalmente, um sistema de freios pneumáticos com ABS. O XF105 tem um motor Paccar MX de 12,9 litros de última geração, em conformidade com a especificação Euro 5, com potências de  410 a 510 HP. O câmbio padrão será um ZF manual de 16 velocidades, tendo câmbio automático AS-Tronic como opcional.

Outra atração do estande é a linha completa dos modernos motores a diesel de quatro e seis cilindros, com volumes de 4,5 a 12,9 litros e potências de 140 a 510 cavalos. Todos esses motores atendem à norma de emissões Euro 5.

Foto: Divulgação