PORTOS PARANAENSES FECHAM 1º TRIMESTRE DE 2021 COM RECORDE HISTÓRICO

Foto Divulgação

Os portos de Paranaguá e Antonina fecharam o mês de março com dos novos recordes. Entre exportação e importação, movimentaram juntos 5.622.705 toneladas, volume 7% maior que o registrado no mesmo mês de 2020.

O outro marco é o número de caminhões que passaram pelo Pátio de Triagem: 59.611 cargueiros em um mês, sem registro de filas.

De acordo com a empresa que administra os portos paranaenses, mesmo com o atraso da colheita da soja em boa parte dos estados produtores, 2021 será um ano expressivo para o agronegócio, que movimenta quase 80% das operações.

De olho no retrovisor, numa análise nos três primeiros meses do ano (considerando exportações e importações) os portos de Paranaguá e Antonina movimentaram 12.869.820 toneladas de cargas, alta de 3% se comparado com o mesmo período do ano passado.

A movimentação de trens no mês cresceu ainda mais: 53,8%. Em março 19.235 vagões descarregaram 1.055.085 toneladas de açúcar, carga em contêineres, celulose, farelo de soja, milho, soja, óleo vegetal e biodiesel.

Altas também registradas pelo Porto de Antonina, tanto nas importações como nas exportações !!  Em março, foram 51.229 toneladas, quase 28% a mais que março de 2020. No acumulado de janeiro a março, foram movimentadas 159.305 toneladas, alta de 32% a mais que as registradas no mesmo período no ano passado.

 

Créditos: Fernando Richeti.