Produtores de queijo pedem providências contra assaltos na BR-232

Queijo é a principal fonte econômica do município de Venturosa

Produtores e vendedores de queijo se reuniram com a Polícia Militar para pedir providências contra os constantes assaltos nas rodovias da região (Foto: reprodução/Bom Dia PE)

Em Venturosa, no agreste pernambucano, produtores e vendedores de queijo, também chamados de queijeiros, se reuniram com a Polícia Militar para pedir providências contra os constantes assaltos nas rodovias da região.

Os queijeiros de Venturosa vendem cerca de 150 mil quilos de queijo por semana, sendo essa a principal fonte econômica do município. Sair de Venturosa para entregar queijos na capital tem sido uma viagem arriscada e perigosa. Empresários e vendedores do ramo tem se tornado vítimas de grupos criminosos nas rodovias do estado.

Veja também: Manutenção de rodovias recebe mais recursos do que construção

As abordagens acontecem sempre na BR-232 e também em um trecho da rodovia PE-217, entre Alagoinha e Pesqueira. Produtores contam casos de tiros no carro e até roubo da carga. Somente este ano, mais de 30 queijeiros de Venturosa foram roubados.

Nesta quinta-feira (24), cerca de 50 fabricantes e vendedores de queijo se reuniram com integrantes da Polícia Militar em um clube da cidade. O comandante da 8ª Companhia Independente da Polícia Militar garantiu aos produtores de queijo que vai intensificar as rondas nas rodovias estaduais.

Com informações do Bom Dia PE