Tapetão Gringo: Caminhoneiro Mineiro Conta Como é Rodar nos Estados Unidos.

Você já teve vontade de fazer o “puxa” em outro país?
Muitos caminhoneiros têm o sonho de trabalhar nos Estados Unidos. O mercado é favorável já que a falta de motorista no país é grande.
O “BRC” conta hoje um pouco da história de Mivard Knupfer Filho. Com 12 anos de idade, o mineiro ainda na 6ª série largou tudo por paixão pelo “pesado”. Seu primeiro caminhão foi presentão do pai.
Aliou o sonho do “pesado” com a vontade de “faturar” nos Estados Unidos e embarcou.
Em seu primeiro dia já conheceu sua “Cristal” com quem vive até hoje com seus dois filhos.
“Uma adrenalina, passar o café de manhãzinha, andando pela estrada afora, embala o caminhão, vendo aquele lugar lindo… A boleia é o escritório com paisagens diferentes. Inexplicável.” relata Mivard.
A comida é toda feita dentro da boleia , o salário é em porcentagem do bruto, e tem aqueles que recebem por hora (só em trecho urbano).
Quer saber um pouco mais dessa história da turma que faz o “puxa” pelo mundo?
Então confere aí com a Erica Pinheiro.