Visitamos Canápolis, a “Capital do Abacaxi”, no Triângulo Mineiro

Terra do melhor abacaxi do Brasil, município mineiro é o único que consegue produzir 12 meses no ano

Depois da parada em Uberlândia (MG), nossa equipe tirou uma “folga” do trecho e encostou em Canápolis, município mineiro muito conhecido pela qualidade do seu abacaxi.

Apesar do nome da cidade estar relacionado ao cultivo da cana de açúcar, é pela fruta tropical que a cidade ficou famosa. O cultivo do abacaxi é responsável por cerca de 30% das riquezas geradas pelo município, com pouco mais de 12 mil habitantes.

Veja também: Brasil Caminhoneiro mostra ferramenta que ajuda a calcular o valor do frete

O posto de combustível na entrada da cidade é ponto de encontro da turma e alguns parceiros se conhecem há mais de dez anos. Segundo a caminhoneirada, o transporte da fruta gera um bom retorno, e como toda carga que se preze, envolve alguns truques, como colocar uma camada de capim entre as fiadas.

Já o carregamento dos caminhões é feito na roça mesmo, em meio à colheita da fruta. O trabalho começa cedinho e a colheita é feita “na mão” e com cuidado.

Visitamos uma fazenda com 15 mil alqueires, onde seis pessoas fazem o serviço: em 4 horas carregam um caminhão baú “até as tampas”.

Na região são cultivados 1.500 hectares, que produzem anualmente 45 mil toneladas da fruta. O plantio é todo sequeiro, isto é, não trabalha com irrigação, e o abacaxi é do tipo havaiano.

Saiba mais na reportagem de Fernando Richeti!