Diesel mais caro leva caminhoneiros a organizar paralisações via WhatsApp

governo
Foto: ilustrativa.

O aumento no custo de impostos sobre os combustíveis como o diesel gerou uma onda que vai além das mensagens engraçadas no WhatsApp.

O principal aplicativo de troca de mensagens dos caminhoneiros virou mais uma vez nesta última semana uma ferramenta de convocação de protestos. Pressionada com a baixa lucratividade do transporte, a categoria deve ter grande paralisação nesta terça-feira (1º de agosto).

No último domingo (30) e na manhã desta segunda-feira (31), vários usuários compartilharam com o perfil do Brasil Caminhoneiro mensagem de divulgação dos pontos de paralisação nas rodovias brasileiras.

Além do aplicativo, os caminhoneiros estão utilizando outras redes sociais para divulgar os protestos, além do já tradicional rádio PX. Como nos protestos de 2015, não há liderança clara na organização dos protestos.

O aumento

Na semana retrasada o presidente Michel Temer (PMDB) elevou a alíquota de PIS/Cofins sobre a gasolina, o diesel e o etanol. A tributação sobre a gasolina subiu R$ 0,41 por litro. Já a sobre o diesel aumentou R$ 0,21. A tributação sobre o etanol teve alta da R$ 0,20 por litro.

Abaixo a íntegra da mensagem compartilhada pelo WhatsApp:

Pontos de Bloqueio 01/08

Viana – ES BR 262
Itajaí – SC BR 101
Santa Cecília – SC BR 116
Araraquara – SP SP 310
São Luiz Gonzaga – RS BR 285
Vila Rica – MT
Barra do Garças – MT BR 070
Rondonópolis -MT BR 163
Cuiabá BR 163
Guarantã do Norte BR 163
Sete Lagoas Mg BR 040
Betim mg BR381
Pirapora mg BR 365
nova Lima mg BR 040
Montes claros mg BR 251
Curvelo MG BR 135
Realeza MG BR 262/116
João Monlevade BR 381
Mairiporã SP BR 381
Cândido Sales Ba BR 116
Planalto BA BR 116
Paraguaçu Ba BR 116
Tucano Ba BR 116
Alagoinhas Ba BR 101
Umbauba Se BR 101
Itabuna Ba BR 101
Ibotirama Ba BR 242