Exemplo de VUC rentável, novo Daily se destaca por dirigibilidade

por Leandro Tavares,
de São Paulo para o Brasil Caminhoneiro

O crescente mercado de VUCs tem algumas particularidades em relação aos tradicionais caminhões estradeiros. Claro que o importante é ser rentável e possuir um custo operacional baixo. Mas, diferentemente dos pesadões que cruzam o Brasil, estes veículos leves são totalmente pensados para encarar uma condição diferente de rodagem: o “anda e para” do trânsito das metrópoles.

A Iveco, com a linha Daily, mostra que entende bem este espírito. Tanto que os caminhões da linha Daily invadiram as capitais do Brasil. Agora na geração Ecoline, esta família cresceu e conta 30 diferentes versões. O top da linha é o Iveco Daily Truck 70c17 que, com um motor de 170 cv, é capaz de carregar por volta de 4.520 kg de carga.

Veja também:
Rodamos com o Daily Truck 70c17 em São Paulo; veja!

Em nosso teste, o pesado trânsito de São Paulo não foi problema para o pequeno valente da Iveco. Quando parado, o Daily dá ao motorista e ao passageiro a tranquilidade e o conforto para esperar o trânsito voltar a fluir. O banco é bem anatômico, característica não tão comum em VUCs, com assentos que, na maioria das vezes, se assemelham aos de carros populares. Além disso a alavanca de câmbio no painel facilita, e muito, o trabalho do motorista.

Grade dianteira do novo Daily

Rodando, o veículo da Iveco é ágil. A saída é sem pulos, tudo graças ao câmbio de seis marchas da ZF, que realiza engates suaves e precisos. O motor Iveco FPT F1C Dual Stage faz uso do sistema EGR de pós-tratamento para se enquadrar no padrão Euro 5. Ou seja, não há a necessidade do Arla 32.

Dito isso tudo, o fator que mais impressiona no novo Daily é a dirigibilidade. É um caminhão, mas parece um carro. Levamos o VUC até as ruas apertadas do Sumaré, bairro da zona oeste de São Paulo que é conhecido pelas inúmeras curvas. E não tivemos problema algum. Dirigindo chega-se mesmo a se esquecer que você está tocando um pequeno caminhão e fica a sensação, pela agilidade e facilidade de manobras, de setar em um carrão.

Motor da FPT é um dos pontos altos do novo Daily

Manobrar com ele foi pouco desafiador. O retrovisor e a força de retomada do motor tornaram esta missão, aparentemente complicada, em uma tarefa bem simples. Mesmo com a falta de visibilidade que a rua oferecia, a saída rápida do caminhão, em marcha ré, e a cobertura das laterais do Daily por parte dos espelhos, facilitam a operação.

Esta característica reforça o Daily como um VUC rentável. Afinal, o risco de acidentar o caminhão é menor, e também se perde menos tempo manobrando nos labirintos das ruas que as metrópoles brasileiras se transformaram. Isso tudo com a o consumo de combustível reduzido por conta do motor mais eficiente. O Daily pode ser pequeno, mas é bastante notável.