Preço da gasolina varia até 99,85% em postos de todo o País, afirma ValeCard

Levantamento feito pela ValeCard mostra uma variação de até 99,85% no preço do litro da gasolina entre postos de todo o Brasil

Na última quinta-feira, quarto dia de protestos de caminhoneiros, os efeitos das paralisações se agravaram. Com as frotas paradas, o combustível não chega aos postos e os estabelecimentos, que ainda têm o produto disponível, passam a elevar o preço.

Levantamento feito pela ValeCard, empresa especializada em gestão de frotas, mostra uma variação de até 99,85% no preço do litro da gasolina entre postos de todo o Brasil. Dentre as redes credenciadas na companhia, o valor mais baixo do combustível é de R$ 3,49, enquanto o mais alto é de R$ 6,94.

Veja também: Gasolina é vendida a quase R$ 10 no Distrito Federal

Leandro Ferraz, gerente de negócios de frota da ValeCard, explica que o aumento na bomba causa um efeito dominó em toda a economia. “O consumidor paga mais e as empresas também. Temos uma demanda muito maior e, por outro lado, uma oferta limitada”, explica.

O especialista lembra ainda de possíveis prejuízos tanto para empresas de gestão de frotas, como para os caminhoneiros, caso a paralisação seja mantida. “Além da depreciação do veículo, há o risco de danificação de carga, se for perecível, por exemplo”, conclui.