Manutenção da quinta-roda e pino-rei evita problemas no implemento

A quinta-roda e o pino-rei são peças que costumam passar desapercebido durante as manutenções do caminhão, mas que podem trazer grandes problemas. Afinal, os componentes são o elo entre a carreta e o cavalo mecânico.

A manutenção da quinta-roda e simples. Para deixar a peça em dia, basta deixa-la limpa, bem lubrificada e com a folga ajustada. A lubrificação é um ponto delicado, pois não deve ser exagerada. Muita graxa mais atrapalha do que ajuda.

Já o ajuste da folga precisa estar num nível correto. Para descobrir se está tudo certo, basta prestar atenção no impacto do reboque na cabine durante a operação, principalmente em freadas e saídas. Se a quinta-roda estiver apertando demais o pino-rei, a lubrificação pode ser comprometida. Por outro lado, se a folga for grande demais, o pino-rei corre mais riscos de quebra.

Todas as peças possuem medidas limite de desgaste. Ao perceber que alguma está nesse limite, faça a troca. Mas cuidado com peças não certificadas. Atualmente o Inmetro realiza testes também em peças de caminhão, e isso garante que o produto pelo qual você está pagando possui garantia e qualidade, tornando seu transporte mais seguro e rentável.