André Marques vence sua primeira corrida na Fórmula Truck

André Marques liderou a prova de Cascavel (PR) de ponta a ponta e conquistou sua primeira vitória na Fórmula Truck, após sete anos na categoria.

940x529_formula-truck-cascavel-andre-marques-podio

O paulista André Marques dominou a pista do autódromo de Cascavel no último fim de semana, durante a oitava etapa da Fórmula Truck 2016, e faturou sua primeira vitória na história, entrando para o hall dos pilotos que já venceram na categoria.

Já na tomada de tempo, no sábado (8), Marques se mostrou bastante competitivo, conquistando a pole position com o tempo de 1m19s614, rodando numa média de 138km/h.

No domingo (9) André mostrou novamente habilidade na pista paranaense e não deu chances aos adversários. Largando na frente, ele manteve a ponta na primeira corrida e não cedeu em momento algum.

O resultado da primeira fase da corrida teve André Marques, em primeiro, seguido por Diogo Pachenki, Felipe Giaffone, Adalberto Jardim e Roberval Andrade.

Na segunda etapa da corrida pouca coisa mudou. Roberval Andrade teve um problema em seu caminhão e foi ultrapassado, terminando apenas na 11ª posição. Melhor para Paulo Salustiano, que herdou a quinta posição e subiu ao pódio no fim da corrida.

Em uma das etapas com o maior equilíbrio do ano, André Marques levou a melhor e subiu para o quarto lugar na colocação geral do campeonato, mas sem chances de brigar pelo título.

O pódio foi completo por Diogo Pachenki, em segundo, Felipe Giaffone, terceiro, Adalberto Jardim, quarto, e Paulo Salustiano, quinto.

Com o resultado, Pachenki encostou na vice liderança do campeonato e Giaffone se isolou em primeiro lugar, com mais de 40 pontos à frente de Salustiano. No entanto, o piloto paulista ainda precisa fazer o descarte de um resultado na próxima prova.

A Fórmula Truck volta às pistas no dia 6 de novembro, em Guaporé (RS).

Classificação
1) Felipe Giaffone, 322 pontos
2) Paulo Salustiano, 280
3) Diogo Pachenki, 275
4) André Marques, 221
5) David Muffato, 207
6) Débora Rodrigues e Raijan Mascarello, 167
7) Wellington Cirino, 155
8) Roberval Andrade, 142
9) Adalberto Jardim, 141
10) Régis Boessio, 140