Diogo Pachenki estreia na F-Truck com Mercedes-Benz da ABF Racing Team

A temporada de 2013 dos campeonatos Brasileiro e Sul-Americano de Fórmula Truck teve mais uma participação confirmada nesta quarta-feira (23). Piloto de carreira bem sucedida em categorias de turismo do automobilismo, Diogo Pachenki vai competir pilotando um dos Mercedes-Benz da ABF Racing Team. Seu companheiro na equipe chefiada pelo argentino Matias Ciola será o paulista Paulo Salustiano, piloto da Truck desde 2010.

“Estou duplamente feliz, por entrar na Truck e por já fazer parte de um esquema competitivo, na equipe campeã. E isso eu devo à Neusa Navarro”, declarou o paranaense de 29 anos, citando a presidente da Fórmula Truck. “Numa equipe competitiva e com um companheiro de equipe rápido e amigo, acredito terei uma adaptação facilitada”, acrescentou. “Na minha cabeça, eu penso em andar entre os cinco primeiros. É o objetivo para este ano”.

O piloto falou da receptividade da novidade junto aos patrocinadores. “Impacta bastante quando falo que vou correr na Truck. Eles sabem do público, da visibilidade, que a categoria passa na íntegra e ao vivo em rede nacional por mais de uma hora. Estão supercontentes. Vão continuar me apoiando e estão indicando patrocinadores parceiros deles. Esse incentivo vem de gente como o empresário Paulo Mion, do Grupo Ferrarini, da Sensei Pescados”, exemplificou.

Pachenki destacou o bom entrosamento que tem com Salustiano. “O Salu e eu somos amigos desde outros campeonatos. Ele me deu a maior força, torceu para eu entrar na categoria desde o primeiro momento, é um amigo em quem eu confio muito. Temos um entrosamento natural. Ele é rápido, acelera muito, é bem competitivo. A experiência dele vai me ajudar nessa adaptação, a pegar a mão da pilotagem do caminhão”, disse o paranaense.

Salustiano acompanhou as negociações de Pachenki com a categoria. “Liguei incentivando o Diogo a vir para a Fórmula Truck, deu certo de ele andar justamente na minha equipe. Ele é um grande campeão, isso só soma. O caminhão tem algumas manhas e vou ajudar no que puder”, comprometeu-se o paulista. “O entrosamento dos pilotos é importante para o sucesso da equipe, o respeito, a amizade, e isso nós sempre tivemos um pelo outro”.

(LT)

Foto: Orlei Silva