Felipe Giaffone em 1º lugar na Fórmula Truck

Parece que a alta temperatura que fez em Londrina, neste domingo, dia 7, também esquentou o asfalto e o ânimo dos pilotos.

Os 30º que fazia na cidade, logo se transformou em 120º na pista. Além do calor intenso, muitas panes elétricas, ultrapassagens e punições marcaram a 4ª Etapa do Campeonato Brasileiro.

Logo na primeira volta o campeão da prova, Felipe Giaffone – da Volkswagen -, se confundiu no ponto do radar da reta oposta e perdeu a liderança para Roberval Andrade – do Corinthians. Mas na 7ª volta, este perdeu várias posições por panes elétricas, e Giaffone voltou à liderança.

Beto Monteiro – da Iveco- fez uma recuperação expressiva. Chegou a ficar em 2º colocado, mas há três voltas do final, seu carro também apresentou problemas mecânicos e ainda passou por cima de uma peça na pista, acertando carter do motor. Deixando para Leandro Reis o posto, seguido por Wellington Cirino e Valmir Benavides.

A confusão rendeu ainda uma penalização para Cirino por ter encostado no caminhão do piloto do Flamengo, deixando o 2º lugar para Geraldo Piquet assumir, até o fim da prova.

Na terceira posição, concluiu Valmir Benavides, que terminou entre os cinco primeiros em três das quatro provas do Brasileiro. Fred Marinelli, pela primeira vez no pódio em 2011, e Renato Martins completaram as cinco primeiras colocações.

Com o resultado, Piquet assumiu a liderança do Campeonato Brasileiro, apenas 3 pontos a frente de Giaffone, que também é líder do Campeonato Sul-Americano. Cirino caiu da primeira para terceira colocação no certame nacional.

Confira o final da etapa de Londrina:

1º) 4 – Felipe Giaffone (W, SP), 22 voltas em 1:01:04.248
2º) 3 – Geraldo Piquet (M , DF), a 1.963
3º) 2 – Valmir Benavides (W , SP), a 13.261
4º) 50 – Fred Marinelli (I , PR), a 14.848
5º) 9 – Renato Martins (W , SP), a 15.471
6º) 99 – Luiz Lopes (S , SP), a 26.570
7º) 6 – Wellington Cirino (M , PR), a 26.863
8º) 71 – Cristina Rosito (F , RS), a 33.123
9º) 12 – Zé Maria Reis (S , GO), a 50.988
10º) 11 – Diumar Bueno (V , PR), a 1:11.740
11º) 7 – Debora Rodrigues (W , SP), a 1 volta
12º) 20 – Pedro Muffato (S , PR), a 1 volta
13º) 73 – Leandro Totti (M , PR), a 2 voltas
14º) 45 – Leandro Reis (S , GO), a 3 voltas
15º) 1 – Roberval Andrade (S , SP), a 7 voltas
16º) 77 – André Marques (V , SP), a 8 voltas
17º) 70 – Danilo Dirani (F , SP), a 9 voltas
18º) 88 – Beto Monteiro (I , PE), a 11 voltas
19º) 23 – Adalberto Jardim (W , SP), a 14 voltas
20º) 55 – Paulo Salustiano (I , SP), a 17 voltas
21º) 32 – Luiz Pucci (V , RA), a 17 voltas
22º) 83 – Regis Boessio (M , SP), a 19 voltas
23º) 14 – João Maistro (V , PR), a 20 voltas

Melhor Volta: Geraldo Piquet, 1:38.543 (114,89 km/h)

Campeonato Brasileiro:

1 – Geraldo Piquet – 69 pontos
2 – Felipe Giaffone – 66 pontos
3 – Wellington Cirino – 64 pontos
4 – Valmir Benavides – 44 pontos
5 – Regis Boéssio – 40 pontos
6 – Renato Martins – 34 pontos
7 – João Maístro – 28 pontos
8 – Leandro Totti – 26 pontos
9 – Danilo Dirani – 22 pontos
10 – Leandro Reis – 22 pontos
11 – Fred Marinelli – 22 pontos
12 – Paulo Salustiano – 20 pontos
13 – André Marques – 18 pontos
14 – Roberval Andrade – 18 pontos
15 – Beto Monteiro – 17 pontos
16 – Debora Rodrigues – 14 pontos
17 – Adalberto Jardim – 13 pontos
18 – Diumar Bueno – 13 pontos
19 – Pedro Muffato – 11 pontos
20 – Cristina Rosito – 11 pontos
21 – Luiz Lopes – 10 pontos
22 – Luiz Pucci – 7 pontos
23 – José Maria Reis – 06 pontos
24 – Pedro Gomes – 0 ponto