Na luta pelo tetra, Giaffone revela apreensão por estrear novo caminhão MAN

por Leandro Tavares,
de São Paulo para o Brasil Caminhoneiro

A RM Competições terá muitas mudanças para a temporada 2013 da Fórmula Truck. Além de ter contratado o atual campeão, Leandro Totti, a equipe irá às pistas nesse ano com novos motores, agora de 12,4 litros, e com um dos caminhões carregando a marca MAN. Tricampeão e atual vice-campeão, Felipe Giaffone foi o escolhido para a missão. Mesmo com os anos de experiência, o piloto revela estar apreensivo com a novidade.

“Confesso que estou um pouco apreensivo por não ter tido tempo de fazer um treino. O caminhão só foi para pista uma vez”, afirmou o paulista. As diferenças levarão algum tempo para serem assimiladas, até mesmo por Giaffone, que dos últimos seis anos da F-Truck ficou somente uma vez abaixo da segunda colocação no campeonato.

“É um caminhão com uma suspensão diferente do que eu usei até hoje, com um motor completamente diferente, então esse primeiro fim de semana em Tarumã eu acho que será uma caixinha de surpresas”, explicou. O motor de 12,4 litros possui mais de 1.100 cv de potência, com torque de 4.000 Nm.

Motor de 12,4 litros do MAN de Felipe Giaffone

A diferença influencia até mesmo na forma como se pilota o caminhão. “O motor de 9 litros gira mais e você usa mais a troca de marchas. As freadas também são diferentes. Você tem que aproveitar o torque do motor, e a gente terá pouco tempo para se acostumar com isso”, afirmou o paulista.

No entanto, nem mesmo a apreensão evitou com que Felipe Giaffone brincasse com Renato Martins, que não correrá em 2013 e terá foco na função de chefe de equipe. “A equipe de engenharia e o Renato terão de virar a noite para fazer os ajustes finais (para a corrida de domingo). Já passamos por isso, e acho que iremos tirar um aprendizado legal”, concluiu.

Foto: Malagrine Estúdio