Ociosidade tem sido ‘maior adversário’ na recuperação de Pedro Muffato

O empresário e piloto da Fórmula Truck Pedro Muffato prossegue com o tratamento médico em casa para se recuperar de uma trombose na perna esquerda. O quadro, definido pelo cirurgião vascular Jeferson Freitas Toregeani como “trombose venosa profunda”, o levou à internação durante cinco dias no Hospital São Lucas de Cascavel, na segunda semana de dezembro.

Muffato recebeu em sua residência na última sexta-feira (28) a equipe de produção do longa metragem “Carrera”, filme de ficção sobre pilotos e corridas. Ele gravou entrevista falando sobre a tradicional competição cascavelense “Cascavel de Ouro”. A entrevista entrará com material jornalístico sobre a história da prova, a qual ele foi campeão três vezes. Falou também sobre sua recuperação e o tratamento a que ora se submete.

“O local desinchou bem, já houve melhora”, avalia, mostrando a perna esquerda em repouso sobre uma cadeira. “Sigo rigorosamente as orientações médicas de repouso absoluto e medicação. Dependo de uma avaliação do médico, claro, mas espero que o doutor me libere para ir ao escritório na próxima semana”, almeja.

Acostumado a uma agenda intensa na administração dos seus negócios distribuídos em vários estados brasileiros, Pedro Muffato elegeu o que considera seu principal “adversário” nesta fase de recuperação. “A ociosidade é o meu maior castigo no tratamento”, define com o tradicional bom humor que o caracteriza. E finaliza com uma mensagem aos amigos e fãs: “me aguardem, que logo estarei de volta”.

(LT)

Foto: Orlei Silva