‘Pódio triplo’ coloca MAN Latin America na liderança da F-Truck entre as marcas

A vitória da primeira etapa dos Camponeatos Brasileiro e Sul-americano da Fórmula Truck disputada neste domingo, no Velopark, em Nova Santa Rita, pode ter ficado com Beto Monteiro, da Scuderia Iveco. No entanto, entre as marcas, a ponta do ranking já é da MAN Latin America, atual campeã brasileira e sul-americana, que graças a três pilotos soma 54 pontos.

Felipe Giaffone foi o 2o colocado, seguido por seus companheiros de equipe André Marques (em 3o) e Adalberto Jardim (em 4o), todos pilotando caminhões Volkswagen Constellation. “Foi um resultado incrível para a equipe, sobretudo depois de todas as dificuldades que enfrentamos nos treinos”, destacou Giaffone, que é tricampeão brasileiro de Fórmula Truck (2007-2009-2011) e também sul-americano (2011). “A corrida foi bem difícil hoje e muito desgastante para pilotos e equipamentos. Mais uma vez conseguimos contar com a boa confiabilidade do Volkswagen Constellation para terminar no pódio, por isso queria agradecer a toda engenharia da MAN Latin America e aos mecânicos da RM Competições por este resultado tão importante neste começo de temporada”, completa Giaffone.

Um dos destaques deste domingo foi André Marques. Estreando pela equipe oficial da MAN Latin America, o jovem paulista foi o terceiro colocado, conquistando o melhor resultado na categoria na qual estreou em 2010. “Nem tenho palavras para descrever minha emoção de já conquistar um terceiro lugar logo em minha estreia no time. Fiquei muito contente em receber o convite para integrar a equipe oficial da MAN Latin America e este resultado mostrou que tomei a decisão correta de assinar com este novo time”, diz Marques.

Adalberto Jardim também mostrou bastante raça ao sair da 16a colocação para cruzar a linha de chegada em quarto lugar. “Contamos com alguns abandonos a nossa frente, é verdade, mas também tivemos disputa acirrada e passamos na pista adversários fortíssimos, como Danilo (Dirani) e Christian (Fittipaldi)”, diz Jardim.

Renato Martins não completou a prova, mas destacou a presença de três caminhões da equipe no pódio e também a liderança entre as marcas. “Sabíamos que o desafio aqui seria intenso e mesmo assim conseguimos um resultado bastante expressivo. Vamos continuar trabalhando duro para buscar a vitória nas próximas etapas”, diz Renato.

Débora Rodrigues fez boa prova de recuperação, depois de largar na 23a colocação e chegar no top-10, mas não completou a prova. “Queria começar o ano marcando pontos, mas tenho certeza de que no Rio de Janeiro estaremos ainda mais fortes nesta prova tão especial”, diz Débora.

A próxima etapa da Truck será no dia 1o de abril, no circuito carioca de Jacarepaguá.

Foto: Orlei Silva