Roberval Andrade domina etapa de Interlagos da Copa Truck

Roberval Andrade domina as duas corridas em Interlagos e se isola na liderança da Copa Sudeste.

Roberval Andrade comemora título da Copa Truck. (Foto: Divulgação)

- Publicidade -

O piloto paulista Roberval Andrade superou os problemas que teve durante a classificação e fez uma apresentação memorável em Interlagos. Mesmo com problemas nos treinos classificatórios, Roberval liderou as duas corridas da etapa e conquistou 40 pontos.

Saindo da 15ª posição, o piloto que leva o nome do clube Corinthians em seu caminhão, voou e na primeira volta já era o quinto. A caminhada rumo à liderança contou com ultrapassagens sobre Rogério Castro, Luciano Burti e Beto Monteiro. Enquanto isso, Wellington Cirino, campeão da Copa Sul, parava nos boxes com a mangueira de refrigeração do motor quebrada e não voltou mais para a pista. Monteiro também não teve tanta sorte e abandonou na sexta das 12 voltas da corrida 1.

Depois de tomar a ponta na primeira curva, André Marques acabou não sendo páreo para Roberval e tratou de sustentar a segunda posição. O mesmo aconteceu com Luciano Burti e os três formaram o pódio da prova 1.

Oitava colocada, Débora Rodrigues garantiu a pole da corrida 2, mas um problema no câmbio a fez abandonar antes mesmo de largar.

Na prova derradeira, Roberval deu novo show, pulando de sexto para primeiro logo na volta inicial. A partir de então as atenções se voltaram para a disputa da segunda posição, uma guerra entre Burti, Marques e Renato Martins. Quem levou a melhor desta vez foi Burti, enquanto Marques chegou em terceiro, Fábio Fogaça conquistou seu primeiro pódio do ano e Martins fechou o “top 5”.

Ex-Fórmula 1

A prova de Interlagos marcou a estreia do piloto Luciano Burti, ex-Fórmula 1, na Copa Truck. Essa, inclusive, é a primeira vez que um piloto que já esteve na competição de velocidade mais famosa do mundo participa da categoria.

Luciano Burti comemora o pódio em sua primeira corrida. (Foto: Divulgação)

Correndo com o caminhão de Felipe Giaffone, que não pode participar da etapa, Burti comemorou a participação. “A primeira corrida foi mais difícil, porque tinha muito óleo na pista. Na segunda não, a pista estava mais limpa, e eu comecei a forçar. Nas vezes em que fui lá fora era tudo controlado, estava sempre tentando carregar a velocidade e foi muito legal”, contou o piloto.

Com a possibilidade da volta de Giaffone para a próxima etapa, Luciano Burti precisaria conseguir um caminhão próprio, para brigar, não só, pelo título da Copa Sudeste, como também pela classificação para a grande final, no fim do ano, em Curitiba.

“Óbvio (que dá vontade de correr em Curvelo). A gente sempre gosta de disputa mas o caminhão é do Felipe, vou devolver para ele intacto, inteiro, e isso é o que importa”, comemorou o estreante.

A Copa Truck volta no dia 10 de junho em Curvelo (MG), para a final da etapa Sudeste.

Classificação final da Copa Sudeste

Roberval Andrade – 40
André Marques – 34
Luciano Burti – 34
Fábio Fogaça – 27
Renato Martins – 27
Witold Ramasauskas – 24
Rogério Castro – 22
Rodrigo Belinati – 17
Alex Fabiano GG – 17
Adalberto Jardim – 12
Débora Rodrigues – 11
Alan Chanoski – 0
Wellington Cirino – 0
Beto Monteiro – 0
Djalma Fogaça – 0
Danilo Dirani – 0

 

- Publicidade -